A vida de uma estrela rock

Apesar do glamour, das luzes e da fama, a vida de uma estrela rock pode ter o seu lado negativo. The life of a rock starNão nos enganemos: uma estrela rock é uma pessoa, não um deus. E como ser humano que é, a estrela rock está à mercê dos caprichos do destino, das boas ou más escolhas que faz na vida e da sua capacidade de resistência à pressão de ser perfeita.

Atrás dos bastidores

A vida de uma estrela rock é preenchida com gravações, ensaios, digressões, entrevistas; muito trabalho que deve ser acompanhado por uma constante aprendizagem.

Quando vemos um artista no palco, a atuar para milhares de pessoas, não temos a noção de tudo o que é necessário para tornar aquele momento possível. A estrela rock não pode limitar-se a ver as coisas acontecerem. Tem que intervir, participar, opinar e estar no centro do furacão.

O poder do marketing

Um dos aspetos que mais domina a vida de uma estrela rock é a máquina de marketing que a rodeia e de que tem que fazer parte. A promoção de um grupo ou artista obedece, atualmente, a estratégias de marketing bem delineadas nas quais a estrela rock tem um papel fundamental. E, por vezes, a identidade do artista não coincide com a identidade da pessoa que o artista é… Em nosso mundo de aparências, a imagem é tudo!

Aparência Vs. Realidade

E talvez não seja mera coincidência tantas estrelas rock terem morrido em circunstâncias trágicas ou se terem suicidado. A pressão de uma vida de estrela é aceite e sustida por muitos, mas dificilmente suportada por outros. Não existem vidas perfeitas e apesar de aparentarem ter o mundo a seus pés, a realidade que enfrentam quando o pano cai, pode não ser aquela que os fãs idealizam. Apesar de tudo, há estrelas rock que protagonizaram verdadeiros contos de fadas e cujas vidas estiveram muito próximas da perfeição.